Download: O que é a condensação e como ela afeta os gabinetes?

Um dos maiores desafios da indústria de processamento de alimentos e bebidas é a condensação.

Embora os gabinetes tenham sido projetados para proteger sistemas e controles sensíveis, é difícil evitar a formação e armazenamento de umidade dentro deles. Existem vários métodos usados para reduzir os efeitos da condensação, mas resíduos de umidade são comumente mantidos, podendo causar danos onerosos aos componentes, bem como reduzir seu desempenho e vida útil.

A quantidade de umidade no ar aumenta quando a temperatura aumenta. A condensação pode resultar do resfriamento do ar ou do contato do ar com uma superfície mais fria do que o ponto de condensação, inibindo a propriedade do ar de reter essa umidade e causando a condensação do vapor nas superfícies.

A corrosão, um efeito inerente da umidade, ocorre quando a condensação se forma dentro de um gabinete. Em dispositivos elétricos e eletrônicos, pode causar os seguintes problemas:

• Aumento da resistência elétrica
• Aumento na geração de calor
• Diminuição e inconsistência no desempenho dos componentes
• Formação de ferrugem em componentes elétricos indispensáveis
• Aumento do risco de curto-circuito
• Acidentes perigosos com explosões e faíscas

A fim de assegurar o desempenho ideal e a vida útil dos componentes, devem ser tomadas as precauções necessárias para evitar que a umidade se forme e produza condensação.

A Umidade pode entrar em um gabinete de várias fontes em muitos ambientes e aplicações. Por exemplo, no interior das aplicações de lavagem, é possível que o spray de alta pressão com lubrificantes de sabão penetre nos componentes e nas juntas.

Além disso, nos casos em que um duto ou tubo não está devidamente vedado, pode ocorrer condensação no tubo ou duto e drenar diretamente para dentro do gabinete.

Em ambientes e aplicações molhados e úmidos, a umidade entra em uma caixa quando a porta do gabinete é aberta para fins de serviço ou manutenção. Como os componentes internos geram calor dentro da caixa, o ar aquecido no interior pode conter ainda mais umidade. Quando as superfícies do gabinete são resfriadas até o ponto de condensação como resultado de desligamento, temperaturas mais baixas à tarde, ar externo causado por chuva ou outras circunstâncias, elas produzem condensação. Grandes variações de temperatura entre o interior e o exterior do gabinete também podem levar a diferenças de pressão, que podem criar vácuo e atrair água através dos encaixes e / ou dos componentes e vedações da junta.

É evidente que todas as fontes de umidade são externas. Se a umidade dentro do gabinete for impedida, os componentes internos estarão em ar seco. Um gabinete adequadamente selado com o uso de juntas, pode ajudar a interromper o ar úmido externo. Além disso, certificando-se de fechar a porta do gabinete completamente e corretamente após cada uso, abrindo e fechando a porta da caixa com menos frequência, será favorável na prevenção do problema de condensação. Se o gabinete apresentar algum escorrimento, isso significa claramente que há uma potencial infiltração de ar úmido que está sendo condensada no seu interior.

PROTEGER SEUS SISTEMAS ELÉTRICOS NÃO É APENAS UM BOM NEGÓCIO, É UMA NECESSIDADE

A proteção de componentes elétricos vitais e de seus sistemas tornou-se mais relevante do que nunca, a fim de garantir um desempenho confiável de alto nível, traduzido em redes de comunicação confiáveis que não falharão, portanto ter um parceiro para ajudar a proteger seus sistemas elétricos não é apenas um bom negócio, é uma necessidade!

As soluções de gerenciamento térmico da Hoffman, além dos gabinetes elétricos da Hoffman, fornecem a segurança indispensável para proteger seus equipamentos de comunicação sensíveis, mesmo nos ambientes mais extremos.

Se você quiser saber mais sobre nossos gabinetes modulares, acesse aqui que entraremos em contato.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *